Cistus Grande Reserva 2004 Evolução: Vinho para Beber ou Guardar

89

Ótimo

Quinta do Vale da Perdiz, Douro, Portugal
Tio Sam

Tinto

Bem escuro e brilhante. Nariz especial e, de certa maneira, mais formal. Isso é um contraponto, pois hoje temos vinhos de Portugal que ficam no limite da doçura. Fruta presente, com boa presença floral, tons minerais, madeira na medida (estagiou 15 meses em barricas de carvalho francês novo) e final lácteo. Seus imponentes 14,5% de álcool estão bem no conjunto, talvez com um leve excesso por hora. Bom de boca, onde seu estilo mais formal está confirmado. Isso não tira seu charme e alegria. Um belo vinho, prazeroso hoje, mas que estará melhor daqui há um ano. Nesse período deverá ter a integração entre álcool, madeira, acidez e fruta. Tem estrutura para continuar evoluindo por mais 5/6 anos. LGB Degustado em 14/10/2009 por LGB

Todas safras Cistus Grande Reserva

Veja todas safras Cistus Grande Reserva »

Todos vinhos de Quinta do Vale da Perdiz

Veja todos vinhos produzidos por Quinta do Vale da Perdiz »

Todos vinhos de Douro, Portugal

Veja todos vinhos de Douro »

Todos vinhos Portugueses

Veja todos vinhos Portugueses »