Conde De Superunda 2003 Evolução: Vinho para Guardar

90

Ótimo

Torres, Curicó, Chile
Reloco

Tinto

O genial megaempresário do vinho, o espanhol Miguel Torres, tem muita estima e carinho pelo seu projeto do Chile. Este é seu vinho top lá e ele faz questão de colocar um presente sotaque espanhol. Das quatro cepas que compõem esta garrafa, duas são de alma espanhola. A predominante Tempranillo (60%) e a Monastrel (15%). As outras duas são: Cabernet Sauvignon (22%) e Carménère (3%). Muito escuro na cor, quase retinto. Seus aromas são fechados no início, mas vão se desprendendo com o passar do tempo. Cereja, groselha e amora negra estão muito presentes ao lado de firmes tostados (estagia por 24 meses em barricas francesas), couro, tabaco e chocolate. Na boca, é tremendamente encorpado e robusto. Taninos de excelente formação e final persistente. Um gigante adormecido, que precisa de garrafa para ter seus elementos melhores integrados. Potente para amantes de vinhos com muita estrutura e força. Consumo 2012/2020. LGB Degustado em 01/07/2009 por LGB

Assemblage

Cabernet Sauvignon, Carménère, Monastrel, Tempranillo

Todas safras Conde De Superunda

Veja todas safras Conde De Superunda »

Todos vinhos de Torres

Veja todos vinhos produzidos por Torres »

Todos vinhos de Curicó, Chile

Veja todos vinhos de Curicó »

Todos vinhos Chilenos

Veja todos vinhos Chilenos »