Moscato Rosa 2004 Evolução: Vinho para Beber ou Guardar

91

Excelente

Franz Haas, Alto Adige, Itália
Decanter

Doce

Um dos vinhos mais raros produzidos a partir de um dos mais baixos rendimentos de uva por hectare no planeta. É da mesma família da Moscato. Uma surpresa, pois é um vinho tinto doce. Não é produzido a partir de uvas passas (Passito), nem de colheita tardia (late harverst) e nem a partir de uvas atacadas pela podridão nobre (botrytis cinerea). É doce, pois sua fermentação é interrompida por resfriamento antes que todo o açúcar se transforme em álcool. Só por isso já é único. De cor rosada e com boa densidade, mesmo não sendo muito alcoólico (12,5%). Aromas inebriantes de flores (rosas!), maçãs, cerejas, leves tons de alcaçuz e nuances herbáceas, com final deliciosamente doce, mas sem exageros. Na boca, é confirmada a elegante doçura, muito bem integrada no conjunto. Ainda tem taninos um poucos verdes, mas já está muito bom. Vinho provocante e sensual. Segundo o sommelier Guilherme Corrêa, este é “un vino da meditazione”. Consumo 2009/2014. LGB Degustado em 01/06/2009 por LGB

Todas safras Moscato Rosa

Veja todas safras Moscato Rosa »

Todos vinhos de Franz Haas

Veja todos vinhos produzidos por Franz Haas »

Todos vinhos de Alto Adige, Itália

Veja todos vinhos de Alto Adige »

Todos vinhos Italianos

Veja todos vinhos Italianos »